EB

23maio08

Eis onde termina (ou começa) a rua Ernesto Becker; em uma ponte abandonada sobre o Arroio Cadena. Do outro lado ficam as terras do exército brasileiro. Ali se pode ver a guarita que um dia foi guarnecida por soldados e hoje serve de moradia para as corujas.  Aqui vai passar a perimetral Dom Ivo. Percorri a margem do Cadena, da Venâncio Aires até essa ponte; no caminho moram umas vinte famílias, que parecem pouco saber da novidade, pelo que comentam. No último trecho, nas proximidades da Ernesto Becker, o caminho está trancado por uma cerca, sem porteira. A viela seguia do outro lado, até a Ernesto Becker. Nunca vi disso. Uma rua trancada, sem porteira, em plena-futura perimetral. Tive que voltar com a minha lambreta até a Venâncio Aires, costeando o Cadena.

Anúncios


No Responses Yet to “EB”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: