Martine Franck

20jan09

foucault1

Esta foto de Foucault foi feita por Martine Franck. Ela foi a segunda esposa de Henry Cartier-Bresson, com quem ele, aos 60 anos, teve uma filha, Melanie. MF publicou diversos livros de fotografia, entre eles um livro dedicado à tradição do budismo tibetano, “Tibetan Tulkus: Images of Continuity”. Ela parece repartir com HCB uma certa consideração para com o budismo. Pierre Assouline, na recente biografia de HCB, diz que seu biografado era um “budista de tendência turbulenta”. As informações sobre o budismo de HCB estão nas páginas 296 e 297 do livro. 

Eu, que perdi a fé como quem perde as bolas de gude por um bolso furado, partilho com HCB de algumas de suas críticas à tradição do judeu-cristianismo, em especial aos dualismos. Assouline diz que HCB pensava que o futuro espiritual da humanidade estava no Oriente, nas tradições espirituais que indevidamente chamamos de religiões, como o budismo; antes de religiões, são artes de viver, etc. 

Eu penso um bocado sobre isso. Mas não é fácil articular as idéias nessa região das bolitas.

Anúncios


No Responses Yet to “Martine Franck”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: