E quanto aos mercados?

29abr09

Fiquei pensando em uma lista de perguntas pra fazer aos candidatos, na base da malvadeza, prá tirar umas temperaturas. O que o candidato acha da abertura dos supermercados aos domingos? Só pra ver o que eles pensam sobre o tamanho da cidade, que é nisso que se resume para mim o debate sobre os mercados. Quem acha que estamos mais para São Sepéssimo, vai para um lado. Quem acha que estamos mais para Porco Alegre, vai para outro. Eu mesmo assunto, assunto e prefiro o Porco Alegre. Gosto de flertar com a idéia de um super24horas. Se os sindicatos perdem na queda de braço dos direitos trabalhistas, se os trabalhadores que trabalham aos domingos são ferrados pelos patrões, isso diz respeito a uma certa correlação de forças. O causo é que vem um tipo de Porco Alegre passar um fim de semana aqui e eu tenho que agüentar cházinho sobre pois é, cidade do interior, sabe como é. Aí fico sabendo que o argumento é o direito de passar o final de semana com a família. Mas não dá mesmo para se organizar melhor o rodízio? No Porco Alegre tem super vinte-e-quatro-horas por dia, de segunda até segunda. Lá é pura selvageria e sem-família? Queria entender melhor isso, até onde vai a sacanagem de patrão, até onde vai esse sentimento de família. Reitor que fecha aos domingos vai até São Sepéssimo, Reitor que abre vai ao Porco Alegre. Mais ou menos assim. Será que eles diriam que não tem nada a ver com isso? Mas seria só uma opiniãozinha, assim, de ver a temperatura cosmopolita dos cujos.

Anúncios


5 Responses to “E quanto aos mercados?”

  1. Meu caro Ronai.
    A minha pergunta seria bem simples.
    Quantos livros – de ficção – o senhor leu esse ano?
    E porque recomendaria a leitura.

    abração.

  2. 2 Maria Aparecida

    Caro Prof. Ronai!
    Parabéns pelo blog !!!
    Sou aluna de Letras na UFESM e tbém EAD/UFESM, ontem passei o dia pensando na minha pergunta para os candidatos, hoje após abrir minha caixa de emails, tenho uma pergunta formulada: O que você candidato a Rei-tor acha do uso da instituição para favorecimento próprio ou dos seus mais chegados?? Aqui fica meu descontentamento pelo uso da plataforma de ensino Moodle do EAD/UFESM para campanha política, hj fui surpreendida por um email da chapa Felipe e Dalvan a favor do voto de alunos EAD nestas eleições…pelo visto as práticas continuarão as mesmas…Um Rei-tor governando para determinados guetos !

  3. 3 Maria Aparecida

    Deixo claro que foi através da plataforma Moodle, a qual contem meus dados na instituição, que chegaram até meu email!!

  4. 4 Saucedo

    Ronai!

    Esse negócio dos mercados é uma piada de mau gosto! Fiquei surpeso quando descobri que os mercados não funcionam no domingo! E o que dizer da saúde?! Uma cidade do porte de Santa Maria que conta praticamente com um hospital? Não consigo entender uma coisa dessas. E o que dizer das condições das ruas de Santa Maria? É tanto buraco que vou trocar meu carro por um Urutu.

    Abraço,

    Saucedo

  5. 5 ronairocha

    Obrigado, Athos e Rogério pelas idéias para perguntas. Maria Aparecida: eu evito aqui mencionar nomes. Nas campanhas em que participei, que não foram poucas, havia um acordo entre os candidatos e a Ufesm, de que eles poderiam usar as listas de professores, funcionários e alunos fornecidas pelos órgãos oficiais. Nessa campanha, da qual não estou gostando nem um pouco por causa de coisas como o empacotamento ou o distanciamento do aluno do EAD, eu não sei quais acordos foram feitos para uso de listas e endereços. A ver, então, quem sabe! Obrigado pela visita!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: