Como é a escolha de reitor em outros lugares, Cambridge, Sorbonne, UCLA:

21jun09

Em Cambridge: “O reitor não é eleito diretamente pela comunidade acadêmica. É anunciado o posto, e um comitê de professores analisa as “applications” [pedidos de candidatura]. O comitê leva em consideração sobretudo a capacidade administrativa dos candidatos.”
Na Sorbone: “Na França o reitor é eleito pelo corpo docente e pelo corpo discente, por meio de conselhos.”
Na Universidade da Califórnia: “Na Universidade da Califórnia, a escolha do reitor tem muito pouco a ver com as decisões dos diversos grupos que compõem a instituição. O reitor é escolhido por uma comissão de regentes (Board of Regents) formada por 26 membros. Dezoito são nomeados pelo governador da Califórnia por um período de 12 anos, um é um estudante nomeado pelos regentes e sete são membros “ex officio”. A comissão leva em consideração a experiência administrativa e a visibilidade acadêmica do candidato a reitor.”
Deu na Folha de hoje.

Anúncios


No Responses Yet to “Como é a escolha de reitor em outros lugares, Cambridge, Sorbonne, UCLA:”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: