Receita Federal

30ago09

Não, não se trata desse furdunço com a dona Dilma. No caso da Boca do Monte trata-se de outra polêmica. Na época de ouro dos trabalhos dos pensadores muitos professores e servidores da Ufesm receberam bolsas como contrapartida para a prestação de serviços diversos. Haviam muitas consultorias, todas elas visando desenvolver melhor a metade sul, a metade norte, coisas quetais e outras. Eram fornidas bolsas para diversos, não propriamente bolsas de estudo, mas de trabalho, pesquisa, não sei bem qual seria o termo correto. Havia quem acumulasse função de confiança e bolsa e salário, sob a promessa de mentores que era tudo devidamente e legalmente legal.
Alguns dos mentores e dos garantidores iniciais de tais bolsas estão hoje respondendo processo junto à justiça federal por esses temas do Detran.
A novidade é que a leoa agora mirou nos consultores e assessores de dezenas de projetos, bolsistas, e quer cobrar o imposto de renda deles.
É uma grana e tanto.
A Fatec, que garantia a isenção, vai pagar a conta?

Anúncios


One Response to “Receita Federal”

  1. PS, sobre outro assunto: Sim, eu ainda penso sobre – e gosto de escrever sobre – filosofia. Mas é mais comprometedor do que tudo mais, tudo mais. =)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: