O dia que o professor sumiu

14out09

A Zero Hora está publicando uma série de reportagens sobre a violência nas escolas. A queixa é que os alunos não mais respeitam os professores, quer nas escolas particulares, quer nas escolas públicas.
Isso me faz lembrar uma história.
Os senhores e as senhoras professores reuniram-se uma vez em assembléia e decidiram que não mais queriam ser chamados de professores. Eles eram, isso sim, trabalhadores. Trabalhadores da educação. Ficaram muito contentes com a brilhante e solidária idéia e com a histórica decisão.
Alguns alunos tomaram conhecimento da idéia e decidiram que deveriam ser solidários com seus mestres, isto é, com os trabalhadores. Fizeram uma assembléia e decidiram que se não existiam mais professores, não mais deveriam existir alunos. Eles seriam os clientes dos trabalhadores. Um deles disse que nas escolas particulares seria mais adequado dizer que eles, que pagavam mensalidades, deveriam ser chamados de patrões.
E assim foi.
Os diretores das escolas, em solidariedade a essa brilhante idéia, decidiram que as escolas deveriam ser consideradas como empresas que prestam serviços. Alguns até abriram franquias. A educação, afinal, é uma mercadoria simbólica, lembrou um filósofo, desses que ficam de plantão para ganhar um aplauso dos distraídos.
Marola da história: há malas que a gente despacha e que custam a chegar. Mas um dia chegam e custam muito caro, a gente nem as reconhece.
Acho que lembrei dessa história porque um dia desses fui num grande evento com os maiores trabalhadores da educação da Ufesm e da Unifra, para discutir os planos nacionais da encucação de Zilbra e ali foi aprovado que temos que nos chamar de “trabalhadores da educacão”.
No pé, o tiro.

Anúncios


No Responses Yet to “O dia que o professor sumiu”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: