Quem não cometeu?

19dez09

Quem não cometeu versos na adolescência? Aqui, tomo a palavra “versos” de modo vago, de modo a abranger a poesia, mas também as divagações confusas sobre o mundo.
Na minha turma de clássico, no Maneco, ler era uma paixão.
Schirmer, por exemplo, fazia um estilo mais contido, gostava de falar – lembro como se fosse hoje – de relações internacionais como se fosse um assunto da rua onde morava e tinha preferências mais tradicionais em Literatura Brasileira. Ficava com Machado, se lembro bem. O Candinho era dividido. Flertava com concretistas, Rubem Braga, e na hora agá resvalava para o romantismo. Cézar Schirmer e eu e o Candinho e a Sílvia e o Paulinho e a Vera e tantos demais outros, éramos apenas uns adolescentes metidos, que liam mais do que podiam entender. Por exemplo, Guimarães Rosa era motivo de brigas sobre os conflitos entre conteúdo e forma, por exemplo. Li três vezes o Grande Sertão, para escrever um trabalho para a professora de Literatura (Léxico e Sintaxe em GSV), e incorri na ira do Tarso Genro, que, em nome do realismo luckacsiano, me advertiu sobre os limites políticos de quem privilegiava a forma, o estilo, o som da língua.
O que pensar de tudo isso hoje? Li a matéria da ZH de hoje sobre o Paulo Neves e me deu uma alegria. O Paulo Neves escreve muito bem, e diz coisas bonitas sobre poesia e adolescência. A reflexão dele sobre a des-importância da poesia na vida da gente é um tento.
Escrevi poemas horríveis na minha adolescência, como quase todos os meus colegas. O Paulo Neves joga umas luzes sobre essas compulsões. Ilumina.

Anúncios


One Response to “Quem não cometeu?”

  1. Eu ainda cometo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: