“Uma vez, nos anos quarenta, eu passei dez dias no Brasil, em Sant’Ana do Livramento. E lá vi um homem matar outro.”

27fev11

O depoimento de Jorge Luis Borges segue assim:
“Assim: o reluzir de uma faca diante de meus olhos, e um corpo cair sem gritos. Era a morte, em toda a sua essência, como um documento. No momento aceitei esta cena sem turbamento, me pareceu um fato natural. Lembro que foi uma briga entre um negro e um branco, e o branco morreu. Mais tarde, sempre que pensei na morte, vi aquele episódio que preferia não ter visto. Tão real, tão frio, tirava à morte todo seu indescritível mistério.”
Nas poucas vezes em que Jorge Luis Borges falou de sua visita a Santana do Livramento – que é uma das cidades citadas em Tlön Uqbar, Orbis Tertius, ele lembra dessa cena.
Borges visitou Santana e ali ficou impressionado com as cenas de campanha, com o gaucho, com paisagens que lhe lembravam a infância, como admite em algumas passagens no livro Borges no Brasil, organizado por Jorge Schwartz. Ele esteve poucas vezes no Brasil, mas foi ali, em Santana, que passou por essa situação.
Se Borges entrou em Santana pela porta da gare, isso eu não sei. Mas bem que poderia ter sido.

Anúncios


3 Responses to ““Uma vez, nos anos quarenta, eu passei dez dias no Brasil, em Sant’Ana do Livramento. E lá vi um homem matar outro.””

  1. 1 Francisco Cordeiro

    Mesmo nos dias atuais Santana do Livramento representa uma fronteira distante. Há setenta anos o gaucho pioneiro enfrentava a morte diariamente, para não dizer várias vezes por dia. A morte, para Jorge Luiz Borges, deveria ser até aquele momento, um tanto abstrata, ou mesmo intangível. A cena em Santana permitiu ao escritor uma visão fria e dolorosa, porém real. “Foi tirado da morte seu indescritível mistério”,e, mostrado ao humanista quanto, de fato , valia a vida naquela distante fronteira.

    Francisco Cordeiro

  2. ykhkeykiitdq


  1. 1 php

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: