Archive for junho, 2012

O sindicalismo brasileiro teve um papel importante no desgaste da ditadura militar, mas ainda não conseguiu transformar-se, livrando-se de um ranço fascista que sempre o permeou. De um lado, é evidente, para qualquer falante da língua portuguesa, que uma vida republicana não pode basear-se em sindicalismo. A razão disso é elementar: sindicatos defendem categorias e […]


A falsificação é uma atividade que pode atingir notáveis níveis de sofisticação. Um desses patamares foi protagonizado por um pintor holandês, Van Meegeren, que não obteve muito sucesso com sua produção assinada. Recusado pelos críticos, dedicou-se a falsificar, com muito esmero, a obra de Vermeer. Logo foi louvado, por ter “descoberto” telas de Vermeer até […]


Um passarinho entrou em um gabinete de uma autoridade administrativa da Ufesm e bicou em um memorando no qual a cuja autoridade referiu-se ao protesto estudantil como “greve”. O memorando, horas depois, decolou da mesa da autoridade rumo às mesas de autoridades subordinadas, sugerindo providências para pautas indicadas pelos estudantes. É assim que se constrói […]


Um colega, recém admitido na Ufesm, me contou hoje que um aluno seu, que se declamou protestante, lhe disse exatamente essas palavras: “Professor, depois que nossa greve terminar, o senhor terá que repetir as aulas a que faltei, apenas para mim. Isso inclusive tem precedente na Ufesm. O Cepe vai determinar que os professores reponham […]


O amigo alemão encontrou outro amigo que também havia lido os ultimos informes do Comando Nacional de Grave sobre o pedido de suspensão dos calendários de fomento em todo território Zilbriano, que comentei abaixo. O amigo do amigo, depois de assimilar os informes do CNG, fez um exercício, na forma de uma questão para o […]


Meu amigo alemão não cansa de se surpreender pelo tamanho de certas coisas aqui no Zilbra, em especial do comprimento dos direitos de protesto no campus da Ufesm. Eu achei que ele estava falando sobre o “cumprimento dos direitos”, mas era sobre o tamanho mesmo. Ele me disse que leu uma notícia que dizia que […]


Encontrei meu amigo alemão nos corredores do Cecêagá hoje, de mangas curtas. Nós outros, gelados de frios, ficamos admirados com a resistência dele. Não era bem isso, era entusiasmo, ele me contou. Ele está entusiasmado com a Marcha pela Educação que está sendo promovida pelos estudantes e tenta ajudar no que pode. Eu havia lido […]