“Pay day today!”

03jul12

Today is pay day?”, pergunta o amigo alemão. Depois que confirmo que saiu o pagamento do salário na Ufesm, ele volta à carga.
“E todos vão receber, ou apenas os que trabalharam?”
Mais uma vez tenho que tentar explicar que todos os professores e servidores, brevistas ou não, terão “pay day today” e que se não fosse assim não haveria a creve.
“Pois é, quando você me disse isso, semanas atrás, eu não acreditei. Esse é um país surpreendente! Não apenas há aqui um conceito ampliado de trabalho aplicado aos estudantes, que se consideram também trabalhadores, mas também há um conceito ampliado de creve, a saber, o trabalhador se declama em creve e segue recebendo pontualmente o salário.”
Eu tentei dizer para ele que não se tratava de uma ampliação, mas sim de uma corrupção ou perda ou decadência ou extravio ou uso indevido e desrespeitoso do conceito de creve, como ele pronuncia, mas ele estava tão fascinado em visualizar o que acabava de comprovar que não prestou atenção em mim e saiu porta afora, imerso em lembranças, pelo que me disse depois, de suas leituras de E. P. Thompson sobre a história da classe operária, e repetia, como um zumbi, peidei, peidei!

Anúncios


2 Responses to ““Pay day today!””

  1. Inclua-se o conceito ampliado de assédio moral.

    • 2 Róbson

      Frank, estive em Goiânia semana passada, e por lá a confusão conceitual chegou ao plano físico. Pode-se dizer que “há césio moral” irradiando com muita rapidez.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: