Archive for abril, 2013

Em breve, eleições para Reitor da Ufesm.


Em 1865 D. Pedro II passou por Rio Pardo, a caminho de Uruguaiana, para conferir o andamento da guerra contra os paraguaios de Solano Lopez. Viajava em carreta e de quando em quando fazia uma parada mais larga para descansar. O magistrado da cidade, Abilio Castro fez o ritual da época: entregou a chave de […]


Os sonhos (II)

22abr13

Os sonhos de Rio Pardo tem uma longa tradição. Vieram dos Açores, da Madeira, do além -mar. Desceram o Jacuí em barcos e ali foram ficando, em linhagens. São ocos, ao menos ocados, queijos-suíços de ovos, farinha e açucar; depois da traíra, subimos a rua mais antiga de Rio Pardo ao encontro das senhoras dos […]


Liguei a lambreta cedinho e saí. Miúdo veio com a dele e rumamos, devagarito, para os lados do Arroio do Só, lugar bastante para um arrepio de curiosidade no passante. Dali fomos para o Passo das Tunas e cruzamos o Rio Vacacaí sem nos molhar. E nos perdemos, empoeirados, no rumo do Passo de São […]


“- Não sei bem o que o o senhor entende por ‘glória’ – disse Alice. – Humpty Dumpty sorriu com desdém. – Claro que você não sabe, até eu lhe dizer. O que quero dizer é: “eis aí um argumento arrasador para você.” – Mas “glória” não significa “um argumento arrasador” objetou Alice. – Quando […]