Quem queria o fim do vestibular na UFSM ?

22maio14

Ninguém, tanto quanto sabia qualquer leitor de jornal de Santa Maria. Assim, se houve pouca pompa no fim do vestibular da UFSM, a circunstância foi muito curiosa. Para resumir numa frase: ninguém estava pensando no fim do vestibular até a reunião começar. A razão disso é simples: a proposta de adesão integral e imediata da UFSM ao Sisu aprovada no dia de hoje não estava contemplada em nenhuma das propostas divulgadas até ontem. Pelo que se pode ler na imprensa, ontem haviam três propostas na mesa de debates do CEPE. Uma delas era defendida pela Reitoria (Vestibular em janeiro, 50% de vagas para cotistas e 30% de vagas para o Sisu), outra pelo DCE (com vestibular em dezembro) e outra pela Comissão de Ensino do CEPE (com vestibular em dezembro e 37,5 de cotistas).
Assim, os três proponentes falavam em manter o vestibular e discordavam na data ou no percentual de cotistas.
A Comissão do CEPE era contra o aumento de cotistas com base na preocupação com a qualidade do atendimento dos mesmos e queria manter o vestibular em dezembro em função do planejamento já feito pelas partes envolvidas.
O DCE acompanhava a comissão, contra o vestibular em janeiro, mas queria a expansão de cotistas.
A Reitoria queria o vestibular em janeiro, com a expansão dos cotistas.
Como se vê, ninguém queria o fim do vestibular na UFSM. Ninguém seria suficientemente ousado para bancar um prazo de 24 para inscrições no Enem e ninguém seria suficientemente destemido para enfrentar a fúria dos cortejados hoteleiros, donos de restaurantes, proprietários de cursinhos, estudantes em geral do PS1 e 2, e por aí vai.
Esse parece ser um caso interessante para análise sobre a forma de certos processos decisórios em instituições.
Penso – mas posso estar muito equivocado nisso – que o impulso ético que presidiu a proposta, hoje, veio dos estudantes. Coração de estudante, como cantava o Milton, quer falar de umas e outras coisas. De todos os segmentos, trata-se do menos comprometido com a perspectiva local, do lugar. A bancada estudantil procura situar-se em outro espaço, menos ligado aos assuntos comunais imediatos. Pois, por isso mesmo, o episódio do fim do vestibular da UFSM pode marcar simbolicamente o fim da vocação “geoeducacional” da Ufesm, líder que se imaginava de um “distrito geoeducacional”, como dizia seu reitor fundador. E com isso ela dá mais um passo, a ser melhor compreendido.
Se consideramos o fato, sem as circunstâncias, trata-se de um passo, em primeiro lugar, prático e lucrativo. Nosso vestibular, não é segredo, custa uma fortuna e gera muito esforço institucional; a adesão ao Sisu, ao que parece, será mimoseada com bons trocos. Agora, o custo imediato será grande. Não falo dos prejuízos financeiros dos que vivem ao redor do vestibular. Penso mais no custo político a ser pago pela repercussão do prazo dado para os de hoje inscreverem-se no Enem, custo que deverá ser pago com o investimento simbólico que a instituição fará, a partir de amanhã, tentando capitalizar o que ela fez sem que ninguém nela, em certo sentido, quisesse fazer.
Eis aí um tema interessante para um tratamento interdisciplinar, eu diria, lembrando o barbudo: foi feito um pouco de história, mas meio sem querer, em circunstâncias não mentadas pelos agentes, e com todo tipo de gritaria ao redor; e, o que é mais importante depois de certos feitos, virão as interpretações, de preferência bem altissonantes, para o reclame e a propaganda da autoria não havida.
Captura de Tela 2014-05-22 às 17.09.15

Anúncios


2 Responses to “Quem queria o fim do vestibular na UFSM ?”


  1. 1 Bei » Se ninguém defendia o fim do vestibular, como isso aconteceu? Ronai Rocha tem uma hipótese Leia a matéria completa em: http://www.claudemirpereira.com.br/2014/05/misterio-se-ninguem-defendia-o-fim-do-vestibular-como-isso-aconteceu-ronai-roc
  2. 2 Bei » Se ninguém defendia o fim do vestibular, como isso aconteceu? Ronai Rocha tem uma hipótese

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: