Archive for maio, 2015

A primeira grande greve na Ufesm foi em 1984. Ela durou 84 dias, de 15 de maio a 7 de agosto. Entraram em greve dezenove universidades e mais algumas escolas federais. As reivindicações eram bem específicas: reajuste salarial, piso, coisas desse tipo. Assim que a greve foi aprovada em uma assembléia com o auditório do […]


Folha de São Paulo, página 2, hoje.


Só para constar. Amanhã, se entendi bem, meu amigo Zanatta vai presidir a assembléia. Vou estar lá. Pensei em pedir a palavra para ele, companheiro de tantas lutas, e argumentar que não devemos fazer greve nesse momento. Mas me dei por conta que não tenho argumentos contra a greve. Ao menos, não tenho argumentos contra […]


Em 1936, diante do ditador Franco e seus asseclas, o filósofo Miguel de Unamuno fez um discurso de protesto contra o general que proclamou, em voz alta, “Viva a morte” e “abaixo a inteligência”. Unamuno era reitor da Universidade de Salamanca, um centro de rebeldes. Ele, dedo em riste, disse palavras que representam a maior […]


Só para constar, já que alguém me perguntou isso e na hora eu não tinha a resposta. Consultei os sítios dos sindicatos de nossas antigas e indispensáveis companheiras de greve. E aqui vai a lista. A UFRGS (Federal do Rio Grande do Sul) não vai entrar em greve agora. A UFSC (Federal de SAnta Catarina) […]


Foi aprovado, na tarde de hoje, um indicativo de greve dos professores da Ufesm. Entre as razões para tanto, as perdas salariais, os contigenciamentos orçamentários, melhorias no plano de carreira e etc. Para o dia 28 está aprovado o indicativo de greve dos servidores. Neste outono de 2015 meus sentimentos de desconforto diante do paredismo […]