Nós, os extraviados

30jun15

IMG_2067Devemos a Guido de Almeida, professor de filosofia no Rio de Janeiro, uma belíssima tradução, hoje esgotada, do clássico de Ludwig Biswanger, Três Formas da Existência Malograda: Extravagância, Excentricidade, Amaneiramento. Tirei meu exemplar da estante hoje, para reler trechos e pensar um pouco sobre a Ufesm, nesses dias. Guido diz que traduziu Verstiegenheit apenas aproximadamente por extravagância, pois a palavra pode também ser compreendida como extraviar-se, ir longe demais, perder-se ao subir. Ou ainda extravagar, que, penso eu, seria como caminhar para além das referências usuais, que domino com facilidade. Minha neta Lúcia tem apenas um ano e um mês, mas já caminha – extravaga – sozinha pelo jardim, orientada apenas pelas vozes que ouve ao longe, sem nenhum apoio visual de seus queridos.
Em uma longa nota de rodapé Guido oferece um exemplo dos usos de extravios: “o alpinista que, ao se atrever a escalar uma passagem difícil, vê-se perdido, encalacrado numa posição sem saída e sem retornos possível, e da qual só pode ser salvo mediante a ajuda de terceiros.”
Lindo, não? Não é comum, mas é bem da gente encontramo-nos, algum dia, nessa situação ou estado mental que Guido de Almeida nos descreve: por nossos comportamentos ou por nossas ideias, algumas vezes ultrapassamos os limites do razoável e nos vemos perdidos em situações sem saída, e das quais somente podemos sair com a ajuda de terceiros.
Fiquei pensando, o resto da tarde, depois de umas conversas, onde, quando, quem, como, nos extraviamos, na nossa querida Ufesm. E como vamos sair dos encalacramentos em que nos metemos, quem serão nossos terceiros. Nós mesmos?

Anúncios


No Responses Yet to “Nós, os extraviados”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: